Concurso Nacional Unificado: EDITAIS Divulgados com 6.640 Vagas!

Prepare-se, pois o maior concurso público de 2024 está oficialmente lançado: o Concurso Nacional Unificado, carinhosamente apelidado de “ENEM dos Concursos”. Este certame é composto por oito editais/blocos temáticos, oferecendo um total de 6.640 vagas imediatas em diversas autarquias e ministérios, com oportunidades para candidatos de níveis médio, técnico e superior.

Dentre as emocionantes possibilidades, destacam-se vagas para Auditor-Fiscal do Trabalho, com um salário impressionante de R$ 22,9 mil, Especialistas em agências reguladoras, Pesquisadores no IBGE, Especialistas em Políticas Públicas, entre outras. Uma chance única de transformar sua vida!

Você pode garantir sua inscrição a partir de 19 de janeiro, com o prazo final até 09 de fevereiro. Não deixe para a última hora! Quanto às provas, elas estão marcadas para o dia 05 de maio, um domingo, em mais de 200 cidades em todo o Brasil.

Como se Inscrever:

Para realizar sua inscrição no Concurso Nacional Unificado (CNU), siga os passos abaixo:

  1. Acesse a plataforma Gov.br e faça login em sua conta. A conta é fundamental para garantir sua identificação nos serviços digitais do governo.
  2. Preencha os formulários de inscrição, seguindo as instruções detalhadas no edital. Neste momento, você também fará a escolha pela carreira desejada, que está dividida em blocos temáticos.
  3. Anexe os documentos exigidos no edital durante o processo de inscrição.
  4. Efetue o pagamento da taxa de inscrição por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU). O valor da taxa é de R$ 60,00 para vagas de nível médio e de R$ 90,00 para vagas de nível superior.

Lembrando que há isenção de pagamento para candidatos que se enquadram em algumas categorias, como integrantes do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), beneficiários do Fies ou ProUni, e aqueles que realizaram transplante de medula óssea.

Distribuição das Vagas:

O CNU oferece um total de 6.640 vagas imediatas distribuídas em oito blocos temáticos. É importante destacar que, com exceção do bloco 8, todas as vagas exigem formação de nível superior. Os candidatos têm a possibilidade de concorrer a mais de um cargo, desde que pertençam ao mesmo bloco. Ou seja, não é permitido concorrer a cargos de diferentes blocos.

Bloco 1 (Infraestrutura, Exatas e Engenharias)

  • AGU: Arquiteto e Engenheiro (várias especialidades) – 23 vagas
  • ANEEL: Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia – 10 vagas
  • FUNAI: Especialista em Indigenismo (especialidades: Engenharia e Arquitetura) – 21 vagas
  • IBGE: Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas (várias especialidades) e Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas (várias especialidades) – 134 vagas
  • INCRA: Analista em Reforma e Desenvolvimento Agrário (várias especialidades) – 128 vagas
  • MAPA: Analista em Ciência e Tecnologia – 02 vagas
  • MCTI: Analista em Ciência e Tecnologia (várias especialidades) – 51 vagas
  • MGI: Analista de Infraestrutura – AIE (várias especialidades), Arquiteto, Engenheiro e Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental – EPPGG – 357 vagas
  • MS: Tecnologista – 02 vagas

Bloco 2 (Tecnologia, Dados e Informação)

  • AGU: Estatístico – 07 vagas
  • FUNAI: Especialista em Indigenismo – 01 vaga
  • IBGE: Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas (várias especialidades), Tecnologista (várias especialidades) e Pesquisador (várias especialidades) em Informações Geográficas e Estatísticas – 122 vagas
  • INCRA: Analista administrativo – 06 vagas
  • INEP: Pesquisador-Tecnologista em Informações e Avaliações Educacionais – 20 vagas
  • MAPA: Analista em Ciência e Tecnologia – 20 vagas
  • MCTI: Analista em Ciência e Tecnologia – 19 vagas
  • MGI: Analista em Tecnologia da Informação – ATI, Analista Técnico de Políticas Sociais – ATPS, Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental – EPPGG, Estatístico – 347 vagas
  • MS: Tecnologista – 32 vagas
  • PREVIC: Analista administrativo – 06 vagas

Bloco 3 (Ambiental, Agrário e Biológicas)

  • FUNAI: Especialista em Indigenismo (várias especialidades) – 39 vagas
  • IBGE: Pesquisador (várias especialidades) e Tecnologista (várias especialidades) em Informações Geográficas e Estatísticas – 29 vagas
  • MAPA: Auditor-fiscal federal agropecuário (várias especialidades) e Tecnologista – 240 vagas
  • INCRA: Analista em Reforma e Desenvolvimento Agrário e Engenheiro Agrônomo – 176 vagas
  • MCTI: Analista em Ciência e Tecnologia – 13 vagas
  • MGI: Analista de Infraestrutura – AIE (especialidade: Geociências) e Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental – EPPGG (especialidade: Ambiental, agrário e biológicas) – 35 vagas

Bloco 4 (Trabalho e Saúde do Servidor)

  • AGU: Médico e Psicólogo – 13 vagas
  • FUNAI: Especialista em Indigenismo (especialidade: Psicologia) – 6 vagas
  • MGI: Analista Técnico de Políticas Sociais – ATPS, Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental – EPPG, Médico e Psicólogo – 52 vagas
  • MTE: Auditor-Fiscal do Trabalho – AFT – 900 vagas

Bloco 5 (Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos)

  • AGU: Técnico em Assuntos Educacionais (especialidade: Pedagogia) – 20 vagas
  • FUNAI: Especialista em Indigenismo (várias especialidades) – 206 vagas
  • IBGE: Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas (especialidade: Psicopedagogia), Pesquisador (especialidade: Demografia) e Tecnologista (especialidade: Demografia) em Informações Geográficas e Estatísticas. – 04 vagas
  • INCRA: Analista em Reforma e Desenvolvimento Agrário (especialidade: Antropologia) – 58 vagas
  • INEP: Pesquisador-Tecnologista em Informações e Avaliações Educacionais – 10 vagas
  • MCTI: Analista em Ciência e Tecnologia (especialidade: Ciências Humanas e Políticas Públicas) – cargos para – 21 vagas
  • MGI: Analista Técnico Administrativo (especialidade: História), Analista Técnico de Políticas Sociais – ATPS (MGI, MJSP, MDHC, MEC), Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental – EPPGG e Técnico em Assuntos Educacionais – 490 vagas
  • MS: Tecnologista (várias especialidades) – 177 vagas
  • MPI: Analista Técnico Administrativo – 30 vagas

Bloco 6 (Setores Econômicos e Regulação)

  • AGU: Economista – 35 vagas
  • ANEEL: Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia – 30 vagas
  • ANS: Especialista em Regulação de Saúde Suplementar – 35 vagas
  • ANTAQ: Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Aquaviários – 30 vagas
  • FUNAI: Especialista em Indigenismo (especialidade: Economia) – 24 vagas
  • IBGE: Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas (especialidade: Relações Internacionais), Tecnologista (especialidade: Economia) e Pesquisador (especialidade: Economia) em Informações Geográficas e Estatísticas. – 37 vagas
  • INCRA: Analista em Reforma e Desenvolvimento Agrário (especialidade: Economia) – 05 vagas
  • MCTI: Analista em Ciência e Tecnologia – 26 vagas
  • MGI: Economista, Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental – EPPGG – 42 vagas
  • MDIC: Analista de Comércio Exterior – ACE e Economista – 60 vagas
  • MPO: Economista – 15 vagas
  • PREVIC: Especialista em Previdência Complementar – 25 vagas

Bloco 7 (Gestão Governamental e Administração Pública)

  • AGU: Administrador, Analista Técnico Administrativo, Arquivista, Contador e Técnico em Comunicação Social – 302 vagas
  • IBGE: Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas (várias especialidades) e Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas (várias especialidades) – 275 vagas
  • FUNAI: Especialista em Indigenismo (várias especialidades) – 55 vagas
  • INCRA: Analista Administrativo (várias especialidades), Analista em Reforma e Desenvolvimento Agrário – 369 vagas
  • INEP: Pesquisador-Tecnologista em Informações e Avaliações Educacionais – 20 vagas
  • MCTI: Analista em Ciência e Tecnologia (várias especialidades) – 149 vagas
  • MAPA: Analista em Ciência e Tecnologia – 18 vagas
  • MinC: Analista Técnico-Administrativo – 50 vagas
  • MGI: Analista Técnico Administrativo, Arquivista, Bibliotecário, Contador, Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental – EPPGG e Técnico em Comunicação Social – 297 vagas
  • MJSP: Analista Técnico Administrativo – 100 vagas
  • MS: Tecnologista (especialidade: Administração, Contabilidade, Economia ou Estatística) – 09 vagas
  • MDIC: Analista Técnico-Administrativo – 50 vagas
  • MPO: Analista Técnico-Administrativo – 45 vagas
  • PREVIC: Analista Administrativo – 09 vagas

Bloco 8 (Nível Intermediário)

  • IBGE: Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas – 300 vagas
  • FUNAI: Técnico em Indigenismo – 152 vagas
  • MAPA: Agente de atividades agropecuárias, Agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal e Técnico de laboratório – 240 vagas

Reserva de Vagas:

O concurso também prevê a reserva de vagas para pessoas com deficiência, negras e indígenas, esta última exclusivamente para as vagas da FUNAI. As cotas são distribuídas da seguinte forma:

  • 5% das vagas para pessoas com deficiência;
  • 20% das vagas para pessoas negras;
  • 30% das vagas da FUNAI para pessoas indígenas.

Locais de Prova do CNU:

As provas serão realizadas simultaneamente em 220 cidades, abrangendo todas as regiões do país, conforme a seguir:

  • Norte: 41 municípios;
  • Nordeste: 61 municípios;
  • Centro-Oeste: 22 municípios;
  • Sudeste: 69 municípios;
  • Sul: 27 municípios.

A escolha dos locais de prova considerou critérios como densidade populacional, raio de influência microrregional e facilidades de acesso.

Etapas de Prova no CNU:

O processo de avaliação dos candidatos no CNU compreende três etapas: 1ª Etapa:

  • 1ª fase: Provas objetivas e dissertativas (caráter classificatório e eliminatório);
  • 2ª fase: Perícia médica (avaliação biopsicossocial) para candidatos com deficiência (caráter eliminatório);
  • 3ª fase: Verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas para candidatos negros (caráter eliminatório);
  • 4ª fase: Confirmação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas para candidatos indígenas (somente FUNAI) (caráter eliminatório).

2ª Etapa: Avaliação de títulos (caráter classificatório).

3ª Etapa: Curso de formação específico (caráter classificatório e eliminatório).

Concurso IMBEL 2024: Oportunidades para Todos os Níveis!!!

Foi divulgado o edital para o Concurso da Indústria de Material Bélico do Brasil (IMBEL) 2024, sob a organização do IBFC, oferecendo oportunidades para candidatos de todos os níveis de escolaridade. As inscrições estarão abertas no período de 19/12 a 16/01/2024, e as provas estão programadas para ocorrer no dia 10/03/2024.

O Concurso IMBEL 2024 disponibiliza vagas para diversas áreas e níveis de escolaridade. Abaixo, apresentamos a lista de cargos, quantidade de vagas em Cadastro de Reserva, salários e requisitos de escolaridade:

| Nível de Escolaridade | Cargo | Vagas | Cadastro de Reserva | Salário | Requisito de Escolaridade |
|———————–|—————————————-|——-|———————-|————-|—————————|
| Fundamental | Agente de Apoio Operacional – Ajudante Geral | – | Cadastro de Reserva | R$ 1.715,94 | Fundamental |
| | Bombeiro Civil | – | Cadastro de Reserva | R$ 1.945,40 | Médio |
| Médio | Motorista | – | Cadastro de Reserva | R$ 1.921,14 | Médio |
| | Oficial de Ferramentaria – Industrial | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.237,28 | Médio |
| | Auxiliar Técnico – Administrativo | – | Cadastro de Reserva | R$ 1.837,26 | Médio |
| | Auxiliar Técnico – Controlador – Produção | – | Cadastro de Reserva | R$ 1.837,26 | Médio |
| | Técnico de Edificações | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.445,21 | Médio |
| | Técnico de Eletrônica | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.445,21 | Médio |
| | Técnico de Elétrica | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.445,21 | Médio |
| | Técnico de Mecânica | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.445,21 | Médio |
| | Técnico de Metalurgia | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.445,21 | Médio |
| | Técnico de Controle de Qualidade | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.445,21 | Médio |
| | Técnico de Radiologia | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.445,21 | Médio |
| | Técnico de Enfermagem do Trabalho | – | Cadastro de Reserva | R$ 1.956,10 | Técnico |
| | Técnico de Automação | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.445,21 | Técnico |
| | Técnico de Vendas | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.203,57 | Técnico |
| | Técnico de Administrativo – Marketing | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.203,57 | Técnico |
| | Técnico de Administrativo – Vendas | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.203,57 | Técnico |
| | Técnico de Administrativo – Patrimônio | – | Cadastro de Reserva | R$ 2.203,57 | Técnico |
| Superior | Engenheiro | – | Cadastro de Reserva | R$ 10.838,67 | Superior |
| | Especialista: Contador | – | Cadastro de Reserva | R$ 4.607,23 | Superior |
| | Especialista: Administrador | – | Cadastro de Reserva | R$ 4.607,23 | Superior |
| | Médico do Trabalho | – | Cadastro de Reserva | R$ 5.471,77 | Superior |
| | Analista Administrativo | – | Cadastro de Reserva | R$ 3.878,07 | Superior |
| | Analista de Custos | – | Cadastro de Reserva | R$ 3.878,07 | Superior |
| | Analista Contábil | – | Cadastro de Reserva | R$ 3.878,07 | Superior |
| | Analista de Recursos Humanos | – | Cadastro de Reserva | R$ 3.878,07 | Superior |
| | Analista de Sistemas | – | Cadastro de Reserva | R$ 3.878,07 | Superior |
| | Advogado Empresarial | – | Cadastro de Reserva | R$ 7.179,33 | Superior |
| | Analista de Orçamento | – | Cadastro de Reserva | R$ 3.878,07 | Superior |
| | Analista Comprador – Técnico | – | Cadastro de Reserva | R$ 3.878,07 | Superior |
| | Especialista: Auditor | – | Cadastro de Reserva | R$ 4.607,23 | Superior |
| | Especialista: Tecnologia da Informação | – | Cadastro de Reserva | R$ 4.607,23 | Superior |

Requisitos Básicos

Além disso, foram estabelecidos requisitos básicos para os candidatos, como ser brasileiro ou naturalizado, ter 18 anos completos, estar em situação regular com obrigações eleitorais e militares, não ter sido demitido por justa causa da Administração Pública, entre outros critérios.

Inscrições

As inscrições podem ser realizadas através do site do IBFC (www.ibfc.org.br), com taxas de inscrição variando de acordo com o nível de escolaridade do cargo desejado (R$ 44,00 para nível fundamental, R$ 53,00 para nível médio, e R$ 62,00 para nível superior). Os candidatos que se enquadrem em condições específicas podem solicitar a isenção da taxa.

Etapas da Prova

O concurso envolverá etapas como Prova Objetiva (para todos os cargos), Prova Discursiva (para cargos de nível superior), e a duração das provas varia de 3 a 4 horas, dependendo do nível de escolaridade.

Os candidatos aprovados serão lotados em unidades da IMBEL localizadas em diversas cidades, conforme mencionado no edital.